Mais um agente penitenciário é assassinado em Anápolis

Depois de Eduardo Barbosa, assassinado na manhã desta terça-feira (2/1), Ednaldo Monteiro também morreu ao ser alvejado dentro do carro

Ednaldo Monteiro, agente penitenciário executado em Anápolis | Foto: Divulgação

O agente penitenciário Ednaldo Monteiro foi assassinado à tiros dentro de seu carro na tarde desta terça-feira (2/1) em Anápolis.  Outro agente, Eduardo Barbosa também foi executado nesta manhã quando saía do trabalho.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal do Estado de Goiás (Sinsep-Go), Maxuell Miranda, houve uma revista no presídio na noite desta segunda-feira (1/1) e celulares e drogas foram recolhidos, fato que pode ter motivado os assassinatos.

“Acreditamos que as mortes dos dois agentes são retaliação por parte dos presos. Eles fizeram ameças depois da revista”.

Ednaldo Monteiro foi supervisor de segurança do presídio de Anápolis. Ele foi preso pela Operação Regalia do Ministério Público em novembro de 2017. As investigações apontaram que Ednaldo fazia parte de uma quadrilha que cobrava propina para conceder benefícios a alguns presos.

 

 

Deixe um comentário