Balanço exclusivo do Jornal Opção realizado pelo Detran-GO mostra que blitze abordaram quase 90.000 pessoas em todo o Estado

Balada Responsável: blitze em Goiás flagraram mais de cinco mil condutores dirigindo após ingerirem bebidas alcoólicas | Foto: reprodução

Em todo o ano de 2016, o Balada Responsável abordou o total de 3,6 milhões de pessoas no Estado de Goiás. Já as blitze do programa efetuaram a abordagem de 89.793 pessoas. Dessas, 5.702 estavam dirigindo sob o efeito de álcool. Os dados foram confirmados com exclusividade ao Jornal Opção pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO).

Em todo o país, o objetivo do Balada Responsável é evitar que condutores dirijam após a ingestão de bebidas alcoólicas, contribuindo para reduzir os índices de fatalidades no trânsito. Para isso, ele é desenvolvido em duas frentes: educação e fiscalização.

Na avaliação do presidente da autarquia, Manoel Xavier Ferreira Filho, o balanço é expressivo. “É um número expressivo. Representa mais da metade da população goiana”, afirmou. Contudo, o presidente destaca a importância da ação na prevenção de acidentes. “O programa visa prevenir conflitos e acidentes, além de garantir um trânsito mais seguro para cidadãos.”

O presidente do Detran ressaltou que, além da repressão, o destaque do Balada Responsável é o caráter educativo do programa. “Todos os dias, equipes de educadores realizam atividades em locais de grande aglomeração de pessoas propagando a mensagem “Se beber, não dirija”, tirando dúvidas e distribuindo material educativo”, pontua.

De acordo com o Detran-GO, o Estado registrou em 2014 32,4 óbitos por 100 mil habitantes. A meta até 2018 é reduzir esse índice para 26 mortes por 100 mil habitantes. “Temos caminhado nesse sentido graças às ações educativas e a programas como o Balada Responsável. É de conhecimento de todos que o álcool altera os reflexos e reduz o tempo de resposta do condutor e é uma das principais causas de acidentes com vítimas no país”, explicou Manoel Xavier.