Mais de 277 mil candidatos farão o Enem neste fim de semana

Estudantes que não realizaram exame nos dias 5 e 6 de novembro por conta de escolas ocupadas ou outros motivos terão aplicação nos mesmos moldes da primeira

Durante o próximo final de semana (3 e 4 de dezembro) o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado para os 277.624 candidatos que não fizeram a prova nos dias 5 e 6 de novembro. Alguns locais tiveram a aplicação do exame cancelada por causa de ocupações e outros por problemas como queda de energia. Só em Goiás, 8.337 estudantes foram afetados pela mudança.

O esquema da segunda aplicação será semelhante ao da primeira. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30. No primeiro dia, os alunos terão 4 horas e 30 minutos para responder 90 questões de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia, serão 5 horas e 30 minutos para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Os estudantes podem conferir o local de prova na página do participante e também no aplicativo Enem 2016, disponível para as plataformas iOS, Android e Windows Phone. É permitido levar água e lanches para o exame, mas os lanches serão fiscalizados.

O estudante deve levar um documento original com foto válido e caneta esferográfica preta fabricada em material transparente. É proibido o uso de qualquer equipamento eletrônico. Celulares devem ser desligados e colocados dentro em embalagem porta-objetos fornecida pelo aplicador.

Resultados

Os gabaritos da segunda prova do Enem 2016 estarão disponíveis a partir desta quarta-feira (7) na página do participante e também pelo aplicativo de celular. Os resultados estarão disponíveis no dia 19 de janeiro, tanto para quem já fez o exame quanto para quem ainda fará a prova.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ao todo, as provas serão aplicadas em 165 municípios e 418 locais de prova. Não haverá exame apenas em quatro estados: Roraima, Acre, Amazonas Amapá.

Do total de candidatos que farão a segunda aplicação, 273.521 (98,52%) não puderam participar do Enem regular por causa das ocupações em escolas, universidades e institutos federais, e 4.103 (1,47%) foram afetadas por contingências como a interrupção do fornecimento de energia elétrica.

As provas serão diferentes daquelas aplicadas no início do mês, mas manterão o nível de dificuldade, o que, de acordo com o Inep, garantirá a isonomia entre os candidatos. (Com Agência Brasil)

Deixe um comentário