Maioria das rodovias estaduais está em bom/ótimo estado, diz Agetop

Órgão estadual divulga condições das estradas que dão acesso às cidades mais visitadas durante o fim de ano

Foto: reprodução / Agetop

Foto: reprodução / Agetop

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) divulgou nesta segunda-feira (15/12) a condição das estradas que dão acesso às cidades mais visitadas durante o fim de ano e as férias.

A Agetop atua nas rodovias com serviços emergenciais de tapa-buracos, remendos, selagem de trincas, recomposição de drenagem superficial e reparos de manutenção preventiva para garantir trafegabilidade. A execução é feita pelo programa Rodovida Manutenção.

Durante os feriados do fim de ano e as férias, serão realizados plantões nos quais equipes vão monitorar as rodovias e executar serviços de conservação rotineira e emergencial.

Confira a seguir a distância entre a capital do Estado e as cidades, o roteiro a partir de Goiânia e as condições dos trechos:

1 – Cidade de Goiás: 131 km e Aruanã: 312 km

Roteiro: pegar a GO-070, no sentido Goianira / Itauçu / Itaberaí / Goiás. Em Goiás, continua na GO-164, passando por Faina e Araguapaz. De Araguapaz, pegar a rodovia GO-530 até Aruanã.

Situação dos trechos:

– Goiânia / Itauçu: trecho ótimo (pista dupla);

– Inhumas / Itaberaí / Trevo de Mossâmedes: trecho bom (em obras de duplicação);

– Trevo de Mossâmedes / Cidade de Goiás: trecho bom;

– Cidade de Goiás / Araguapaz / Aruanã: trecho ótimo;

2 – Caldas Novas: 165 km

Roteiro: saída pela GO-020, até Bela Vista. Após sete quilômetros pegar o Entroncamento com a GO-147, até Piracanjuba e seguir para a GO-217 até o Entroncamento com a GO-213. Seguir sentido a Caldas Novas.

Situação dos trechos:

-Goiânia / Bela Vista: trecho bom (em obras de duplicação);

-Bela Vista / Piracanjuba: trecho ótimo, reconstruído;

-Piracanjuba / Entroncamento GO-213: trecho bom;

-Entroncamento GO-213 / Caldas Novas: trecho bom (em obras de duplicação).

3 – Aragarças: 398 km

Roteiro: saída pela GO-060, sentido Trindade / Nazário / São Luís de Montes Belos / Iporá / Piranhas / BR-158 / Bom Jardim de Goiás e Aragarças.

Situação dos trechos:

-Goiânia / Firminópolis: trecho ótimo (reconstruído, pista dupla até Trindade);

-Firminópolis / São Luís de Montes Belos / Iporá / Piranhas: trecho bom.

4 – Buriti Alegre: 178 km

Roteiro: saída pela BR-153 na direção de Aparecida de Goiânia/Hidrolândia/Morrinhos. Ainda na BR-153, após 15 quilômetros de Morrinhos, entrar no trevo para a GO-419 e seguir até Buriti Alegre. Outra opção é continuar pela BR-153 e, após sete quilômetros de Goiatuba, pegar a GO-210 até Buriti Alegre.

Situação das estradas:

-Os dois roteiros mencionados apresentam boas condições.

5 – Jaraguá: 97 Km e Minaçu: 487 km

Roteiro: saída pela GO-080, passando por Nerópolis / Petrolina / São Francisco de Goiás. Após São Francisco, pegar a BR-153 no sentido Jaraguá / Rialma / São Luiz do Norte / Uruaçu / Santa Tereza de Goiás. Em Santa Tereza, pegar a GO-241, e seguir para Formoso / Campinaçu / Minaçu.

Situação dos trechos:

-Goiânia / Nerópolis: trecho bom, pista dupla;

-Nerópolis / Petrolina / BR-153: trecho ótimo (em obras de duplicação);

-Santa Tereza / Campinaçu / Minaçu: trecho ótimo.

6 – Pirenópolis: 118 km

Roteiro: saída pela BR-153 até Anápolis. Em Anápolis, seguir pela BR-414, na direção de Corumbá de Goiás. Após 30 quilômetros, no distrito de Planalmira, pegar a GO-338 à esquerda, até Pirenópolis.

Situação da estrada:

-BR-414  / Pirenópolis: trecho bom.

7 – Alto Paraíso: 425 km

Roteiro: saída pela BR-153 em direção a Anápolis. No município, pegar a BR-060 para Abadiânia / Alexânia / Brasília. Em Brasília, seguir na direção de Planaltina e pegar a GO-118 no sentido São Gabrie / São João D’Aliança / Alto Paraíso.

Situação da estrada:

– Divisa GO-DF / São João D’Aliança / Alto Paraíso: trecho ótimo.

8 – Três Ranchos: 292 km

Roteiro: saída pela rodovia GO-020, passando por Bela Vista / Cristianópolis / Santa Cruz de Goiás / Palmelo / Pires do Rio. Nesta cidade pegar a GO-330, no sentido Urutaí / Ipameri / Catalão / Três Ranchos.

Situação dos trechos:

-Goiânia / Bela Vista: trecho bom (em obras de duplicação);

-Bela Vista / Pires do Rio / GO 330 / Ipameri / Catalão / Três Ranchos: trecho bom.

9 – Goianésia: 198 Km

Roteiro: pegar a BR-153 no sentido Anápolis / Jaraguá. Em Jaraguá pegar a GO-080 até Goianésia. Outra possibilidade é pegar a GO-080, passando por Nerópolis / Petrolina / São Francisco de Goiás. Após São Francisco, pegar a BR-153 até Jaraguá e seguir na GO-080 até Goianésia.

Situação dos trechos:

– Goiânia / Nerópolis: trecho ótimo (pista dupla);

– Nerópolis / Petrolina / BR-153: trecho ótimo (em obras de duplicação);

– Entroncamento BR-153 / Jaraguá / Goianésia – trecho ótimo.

10 – Salto do Itiquira: 316 km

Roteiro: saída pela BR-153 até Anápolis. Em Anápolis pegar a BR-060 para Abadiânia / Alexânia / Brasília. Seguir para Formosa na BR-020 e, na cidade, pegar a GO-116 até Salto de Itiquira.

Situação da estrada:

– Formosa / Salto do Itiquira: trecho ótimo.

11 – São Simão: 415 km

Roteiro: saída pela BR-060 até Rio Verde. Em Rio Verde pegar a BR-452. No Entroncamento com a GO-164 (Quirinópolis) seguir até Paranaiguara, na BR-364, até chegar a São Simão.

Situação da estrada:

– Entroncamento GO-164 / Quirinópolis / Paranaiguara: trecho bom.

12 – Lagoa Santa: 420 km

Roteiro: pegar a BR-060 até Rio Verde. Na cidade, seguir pela GO-174 e GO-422 até Aparecida do Rio Doce. À esquerda, entrar na BR-364 até o Entroncamento da GO-206 (Caçu). Nesta GO seguir até Lagoa Santa passando por Caçu, Itarumã e Itajá.

Situação dos trechos:

– GO-174 e GO-422 (Aparecida do Rio Doce): trecho bom;

– Entroncamento BR-364 com GO-206 (Caçu) até Itajá: trecho regular;

– Itajá / Lagoa Santa: trecho ótimo.

A Agetop também lembrou que, como o número de veículos nas rodovias aumenta no período, os motoristas devem ter um cuidado maior nessa época do ano. Quem decidir pegar a estrada também deve se atentar às constantes chuvas e à presença de equipes trabalhando na pista.

*Com informações da gerência de comunicação da Agetop

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.