Procedimento cirúrgico foi necessário após médicos drenarem o sangramento, no entanto, não obterem o sucesso esperado através do procedimento. Médico que acompanha político explica que cirurgia foi realizada na tentativa de contornar o problema

Maguito-Vilela-UTI-Foto-Divulgação-Campanha-Maguito-Vilela

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), apresentou nova piora em seu quadro de saúde. De acordo com o último boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einsten, de São Paulo, foi constatado no político um sangramento pulmonar.

Devido ao sangramento, Maguito precisou ser submetido a uma cirurgia na madrugada desta sexta-feira, 11, depois de ser encaminhado para angiotomografia e serviço de hemodinâmica.

O procedimento cirúrgico foi necessário após os médicos drenarem o sangramento, no entanto, não obterem o sucesso esperado através do procedimento. Segundo o médico Marcelo Rabahi, a operação foi realizada na tentativa de contornar o problema.

Devido a cirurgia, o político precisou ser sedado novamente para controle da pressão. Conforme declarado em entrevista à imprensa local, o quadro de Maguito é estável, mas mais grave do que antes.

Veja o boletim emitido pelo hospital na noite da última quinta-feira, 11:

São Paulo, 10 de dezembro de 2020 – O senhor Luís Alberto Maguito Vilela encontra-se internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro para tratamento da Covid-19. Hoje, 10/12, apresentou nova instabilidade hemodinâmica sendo constatado sangramento pulmonar e encaminhado para angiotomografia e serviço de hemodinâmica.

Hospital Albert Einsten