Mãe que matou ladrão na porta de escola em SP é homenageada por governador

A Policial Militar Katia da Silva Sastre recebeu flores de Márcio França pelo Dia das Mães

O governador de São Paulo, Márcio França, entre flores à policial Katia da Silva Sastre | Gilberto Marques/Divulgação

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), entregou flores e fez uma homenagem à cabo Katia da Silva Sastre, a PM que matou um ladrão na porta de uma escola em Suzano (Grande SP), na manhã do último sábado (12/5).

Como neste domingo (13) é comemorado o Dia Das Mães, a policial foi agraciada pelo governador que participou da cerimônia que aconteceu no Comando de Policiamento de Área Metropolitana-4, zona leste de São Paulo. Na ocasião, França disse que o evento era para “cumprimentar a destreza, a técnica e a coragem” da cabo.

Questionado pela Folha de São Paulo se o agradecimento não iria contra a filosofia de redução de letalidade policial, o governador afirmou que “a homenagem é feita porque é Dia das Mães, e ela é mãe”. “Ela foi a uma festa para comemorar a data e aconteceu uma situação dessas. Ela agiu tão precisamente, tão perfeitamente, que a gente resolveu homenageá-la”, falou.

“Claro, o rapaz morreu, não é o ideal. A gente gostaria que as pessoas não morressem”, disse França. “A gente faz isso para mostrar para as pessoas mais jovens que elas não se aventurem com arma na mão, porque estão sujeitas a morrer.

Após a homenagem, Katia disse que, apesar de não poder estar ao lado das filhas durante todo este Dia das Mães, é recompensador saber que não houve mais vítimas durante a tentativa de assalto.

Ela contou que não sabia se a reação do assaltante seria atirar nas crianças ou nos adultos que estavam em frente à escola. “Então decidi defender as mães, as crianças, a minha própria vida e a da minha filha”, disse. Katia é mães de duas meninas. A mais velha, de sete anos, estava com ela no momento do assalto.

O caso

​​​​A cabo estava de folga quando disparou contra um ladrão, identificado como Elivelton Neves Moreira, que caiu e foi desarmado. O homem foi atendido com vida, mas morreu no hospital.

A ocorrência se deu por volta das 8 horas, quando mães e crianças pequenas aguardavam a abertura dos portões de uma escola particular, que sediaria uma festa de Dia das Mães. Enquanto o ladrão revistava um funcionário da escola, a policial sacou sua pistola e o atingiu com tiros no peito e na perna. Assista ao vídeo:

2 respostas para “Mãe que matou ladrão na porta de escola em SP é homenageada por governador”

  1. Carlos Spindula disse:

    Parabens a policial e ao governador em homenagear quem contribui e defende a sociedade !

  2. Evandro Zanini disse:

    Nathan. Bom dia. Ei… Ela não matou. Ele que não resistiu. E mais um detalhe.
    Vc deveria melhorar o titulo da reportagem. Poderia ser algo mais criativo tipo. Assaltante de crianças e mulheres em porta de escola acaba sendo intervido e baleado.
    Ai depois vc escre que ele não resistiu as doenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.