Mãe de outro sertanejo famoso também foi vítima de gerente de banco em Goiânia

Além do cantor Leonardo, Racyne, da dupla com Rafael, também foi alvo da fraude

Dupla Racyne e Rafael | Divulgação

A mãe do sertanejo Racyne, da dupla com Rafael, foi uma das vítimas do gerente Fernando Dias da Silva, de uma agência do banco Santander, no Setor Bueno. O bancário é suspeito de desviar ao menos R$ 4 milhões de contas de clientes, entre eles o cantor Leonardo.

De acordo com o delegado Eli José de Oliveira, responsável pelas investigações, Racyne esteve na delegacia com a mãe e relata um prejuízo em torno de R$ 60 mil. “Ela mesma manipulava esse dinheiro e, um dia, notou que a quantia simplesmente desapareceu”, relatou o delegado em entrevista coletiva.

Apesar das suspeitas, o cantor Leonardo ainda não fez nenhuma reclamação oficial contra o Santander, mas o delegado Eli José de Oliveira ainda pretende ouvi-lo. Informações não oficiais, entretanto, dão conta que o cantor já teria resolvido sua situação com o banco.

Vítimas de gerente Fernando em frente ao 4º DP de Goiânia | Foto: Marcelo Gouveia

Além dos sertanejos, cerca de outras 30 vítimas também teriam perdido dinheiro após Fernando sacar altos valores de suas contas. Em entrevista, o empresário Edilson Divino contou que ele e sua esposa teriam tido um prejuízo de ao menos R$ 1,8 milhão, o maior rombo entre os lesados.

Ele conta que tinha total confiança no gerente e que o conhecia desde 2005, antes mesmo dele trabalhar no Santander. “As retiradas começaram em 2015. Eu cheguei a perceber algumas, mas ele me dizia que iria repor. A gente confiava, éramos amigos”, disse.

Fernando Dias da Silva chegou a comparecer à delegacia expontaneamente na última semana, mas não comentou nada sobre o caso, usando o direito constitucional de se manter calado. Ele apenas afirmou que estava escondido em casa de parentes por medo após receber ameaças de morte.

Deixe um comentário

wpDiscuz