Macron muda azul da bandeira da França e alteração passa despercebida por um ano

O azul marinho foi adotado como uma das três cores oficiais ainda em julho de 2020 e faz referência às cores da Revolução Francesa

Despercebida por quase todo o mundo e até mesmo pelos franceses, a bandeira da França teve uma mudança sutil, o azul mais claro cedeu lugar ao azul marinho, uma referência a cor da bandeira na época da Revolução Francesa. A mudança foi ordenada pelo presidente da França, Emmanuel Macron, ainda em julho de 2020. O azul mais claro, que foi adotado em 1976, fazia referência ao tom da bandeira da União Europeia na gestão François Hollande.

Sem destaque e anúncio do presidente, o regresso ao azul marinho foi decidido com apoio do Palácio do Eliseu. A decisão foi descrita no livro “Eliseu Confidencial”, do jornalista Eliot Blondet, e noticiada pelo jornal Le Parisien no último final de semana. Apesar da alteração, a equipe do presidente da República afirmou que a mudança não deve ser interpretada como um gesto anti-União Europeia.

Até o momento não houve nenhum anúncio público da França ou do presidente Emmanuel Macron sobre a mudança de cor da bandeira.

Nesta publicação do ex-presidente da França François Hollande em um evento da União Europeia é possível fazer a comparação entre as duas bandeiras francesas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.