Lula tem preferência de 62% dos eleitores que estão em situação de insegurança alimentar

Presidenciável está empatado tecnicamente com o presidente Bolsonaro (PL) entre as pessoas que têm mais comida do que o suficiente 

 À frente nas pesquisas eleitorais, o ex-presidente Lula (PT) tem ampla vantagem entre os eleitores que estão em situação de insegurança alimentar. De acordo com a última pesquisa do Instituto Datafolha, o petista tem a preferência de 62% das pessoas que não têm comida suficiente, frente a 11% do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).  

Este grupo, segundo o levantamento, representa 26% dos brasileiros que afirmaram que a quantidade de comida em casa não foi suficiente para alimentar as famílias nos últimos meses. No grupo populacional oposto, que são aqueles que consideram ter mais comida do que o suficiente, há um empate técnico. Neste grupo, o petista tem 37% e o liberal tem 35%.  

O levantamento foi realizado pelo Instituto entre os dias 13 e 16 de dezembro com 3.666 eleitores de 191 cidades. Pelos dados, o Nordeste é a região com mais habitantes em situação de insegurança alimentar (35%). Na sequência estão Centro-Oeste (25%) e Norte (25%), Sudeste (23%) e Sul (21%). 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.