Lula é indiciado pela Polícia Federal em caso do tríplex no Guarujá

É o primeiro indiciamento contra o ex-presidente Lula nas apurações da Lava Jato da PF em Curitiba

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá, litoral paulista.

O petista é alvo de três investigações centrais na Operação Lava Jato, em Curitiba. Informações do jornal Estado de S. Paulo, ele deve ser enquadrado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A apuração do inquérito teve como ponto central reforma realizada no tríplex, construído pela Bancoop (cooperativa habitacional do sindicato dos bancários), que teve como presidente o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, preso desde abril de 2015.

O imóvel foi adquirido pela OAS e recebeu benfeitorias da empreiteira, acusada de corrupção na Petrobrás. O ex-presidente seria o verdadeiro dono do tríplex- a defesa do petista nega taxativamente.

É o primeiro indiciamento formal contra Lula, nas apurações da Lava Jato em Curitiba. A conclusão do inquérito da PF, com o indiciamento dos investigados, antecede a denúncia criminal a ser apresentada pelo Ministério Público Federal ao juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos do caso em primeira instância. Os procuradores pediram 90 dias para oferecer denúncia no caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.