Luiz Melodia morre no Rio de Janeiro aos 66 anos

Cantor lutava contra um câncer na medula óssea, mas não resistiu e faleceu no hospital Quinta D’Or, na cidade onde nasceu 

Foto: Divulgação

O cantor, músico e compositor Luiz Melodia faleceu, na madrugada desta sexta-feira (4/8), vítima de um câncer na medula óssea. Ele estava internado no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro (RJ), cidade onde nasceu.

Luiz Melodia tinha 66 anos e havia chegado a fazer um transplante de medula óssea. Ele resistiu à cirurgia, mas não estava respondendo bem à quimioterapia e, na quinta-feira (3), seu quadro acabou se agravando.

Biografia

Luiz Carlos dos Santos, Luiz Melodia, nasceu no morro do Estácio, Rio de Janeiro, no dia 7 de janeiro de 1951. Único filho homem de Oswaldo e Eurídice, descobriu a música ao ver o pai tocando em casa e, na época do ginasial, abandonou a escola para começar sua carreira na música.

Ele passou a adolescência compondo e tocando sucessos da jovem guarda e bolsa nova, com o grupo ‘instantâneos” formado com amigos. Somada a influência dos morros cariocas, onde vivia, essa experiência acabou moldando seu estilo musical.

Seu nome começou a ficar conhecido quando ele chamou a atenção do poeta Wally Salomão e de Torquato Neto, por intermédio de Wally, Gal Costa gravou “Pérola negra” no disco “Gal a todo vapor” de 1972. Pouco depois era vez de “Estácio holly Estácio”, que homenageava sua escola do coração, ser interpretada por Maria Bethânia. Em 1973 saiu seu primeiro e disco, “Pérola negra” (Com informações da assessoria).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.