Grupo conta com nove senadores dos partidos União Brasil e PSC e deve coordenar posicionamento diante de projetos na casa

O senador Luiz do Carmo (PSC) assume, nesta quarta-feira, 13, a liderança do bloco parlamentar União Cristã, no Senado Federal. Com o grupo, o pré-candidato a reeleição se une outros oito senadores do União Brasil: Marcio Bittar (AC), Rodrigo Cunha (AL), Davi Alcolumbre (AP), Reguffe (DF), Soraya Thronicke (MS), Fabio Garcia (MT), Chico Rodrigues (RR) e Maria do Carmo Alves (SE). A ideia é coordenar, em conjunto, o posicionamento do bloco diante dos projetos em análise na casa. Com isso, Luiz do Carmo passa a ter influência direta na indicação de pautas do Senado, junto ao presidente Rodrigo Pacheco (PSD).

Nessa terça-feira, 12, o Senador requereu a abertura da CPI dos Correios. No requerimento, ao qual o Jornal Opção teve acesso em primeira mão, Do Carmo aponta que o objetivo da peça é investigar supostos atos de corrupção das gestões petistas de Lula e Dilma na empresa, entre 2003 a 2016.