Luciano Huck comete gafes ao receber pessoa trans em seu programa

Thomaz Hackman foi participar do quadro Quem Quer Ser Um Milionário e relatou desafios e dramas, como a falta de empregabilidade e a transfobia

Entender as diversas identidades de gênero não é algo tão simples para quem nasceu muitas décadas atrás. Nem mesmo para celebridades engajadas como o apresentador de TV Luciano Huck, que já cogitou ser candidato a presidente por duas vezes – e, diga-se, com uma aceitação satisfatória de boa parte do eleitorado.

No programa Caldeirão do Huck levado ao ar neste sábado, 17, Huck recebeu o professor de inglês Thomaz Hackman, um participante trans, no quadro Quem Quer Ser Um Milionário, e cometeu alguns erros, percebidos por telespectadores, que fizeram comentários no Twitter.

Thomaz e Luciano Huck: gafe cometida em questão de gênero e polêmica na internet | Foto: Reprodução

O primeiro foi quando o apresentador falou em “orientação trans”, sendo que o correto seria ter dito identidade de gênero.

Na segunda gafe que cometeu, o global se referia a seu irmão homossexual, Fernando Grostein, dizendo que “meu irmão também é gay e a gente aprende muito todos os dias”. Ocorre que em nenhum momento Thomaz falou que era um homem gay. Havia até mesmo uma ex-namorada dele participando do quadro para ajudá-lo em uma das perguntas.

Nos intervalos entre as perguntas, Thomaz falou sobre as dificuldades que enfrenta como transgênero no mercado de trabalho. “Estou em um processo de transição já faz uns dez anos mais ou menos. Comecei a fazer entregas porque eu não conseguia emprego formal por ser uma pessoa trans. Falavam isso diretamente para mim”, declarou o professor, que nasceu em Porto Alegre e vive em São Paulo desde 2013.

Thomaz também teve de mudar de faculdade por causa de transfobia. “Muitos não conseguem chegar ao ensino superior, que é um dos grandes privilégios que eu tive. Apesar de não ter conseguido me formar na USP por transfobia, e ter mudado de faculdade. E ainda estou na luta para me formar”, contou.

Tom saiu do programa com R$ 5 mil ao errar uma pergunta que valia R$ 20 mil, sobre qual era o nome do meio de Walt Disney.

* Com informações do portal UOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.