Luciano Hang confirma ter contas no exterior, mas nega financiamento de notícias falsas

Hang ainda aproveitou a oportunidade para passar um vídeo em que afirmar que o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), praticou negacionismo

Empresário e dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, em depoimento na CPI da Covid | Foto: Reprodução

Quem presta depoimento hoje na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, no Senado Federal, é o empresário e dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, apoiador declarado de Jair Bolsonaro (sem partido). Apesar de confirmar possuir contas e offshores no exterior, Hang nega ter financiado disseminação de Fake News por meio de disparos virtuais.

“Temos contas no exterior, offshore no exterior, devem ser duas ou três, todas declaradas na receita federal. Nunca financiei fake news e não sou negacionista”, afirmou. No entanto, o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM) revelou que a comissão possui indícios que o empresário utiliza essas contas do exterior exatamente para o financiamento dessas fake news.

Esses documentos, que inclusive foram determinantes para a convocação de Luciano Hang à CPI, indicam que o empresário financiou o blogueiro também bolsonarista, Allan dos Santos, com a colaboração do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O blogueiro, dono do canal conservador “Terça Livre” é acusado de espalhar fake News e é investigado por dois inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante depoimento, Hang foi criticado pelo presidente da CPI por usar a ocasião para autopromoção e defender sua ideologia. Aziz ainda relembrou que a mãe do empresário chegou a falecer de Covid-19 após receber tratamento da rede hospitalar Prevent Senior, que foi acusada de realizar experimentos com remédios que compõe o Kit Covid. Hang, no entanto, pede que a morte de sua mãe não seja “usada politicamente”.

“Imaginem o quanto é duro para mim ver a morte da minha mãe ser usada politicamente de forma tão vil, baixa e desrespeitosa, por isso não aceito qualquer desrespeito à memória da minha mãe”, disse o empresário.

Hang ainda aproveitou a oportunidade para passar um vídeo em que afirmar que o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), praticou negacionismo, fazendo analogia a palavra ao qual é acusado de divulgar fake news sobre a Covid-19. “Ele passou quase toda a sua vida pública negando as acusações de peculato, corrupção, recebimento de propinas, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Não estou acusando o senador, estou apenas relatando fatos documentados em meios oficiais e na imprensa”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.