Estudo americano mostrou que variante nascida nos EUA chama atenção pela letalidade

Nova cepa de corona vírus é desafio para ciência |Foto: G1

Estudos realizados por pesquisadores americanos identificaram que a cepa Lota possui maior letalidade, taxa de transmissão e capacidade de escapar do sistema imunológico. Os resultados publicados pelo Departamento de Saúde e Higiene Mental da Cidade de Nova York e pela Escola Mailman de Saúde Pública, da Universidade de Columbia, surpreenderam.

A variante foi identificada pela primeira vez, em novembro de 2020, em Nova York. Não há casos registrados no Brasil.

Apesar de a pesquisa não ter sido revisada por outros pesquisadores, causou impacto. A variante consegue escapar do sistema de defesa do organismo em até 10% dos casos. A letalidade é semelhante à da cepa Alfa, identificada no Reino Unido, isto é, 60% mais mortal do que a variante originada em Wuhan, na China.

Fonte: O Globo.