Lissauer quer aprovar a reforma da previdência ainda neste ano

O deputado reforçou que considera a reforma essencial para o estabelecimento das contas

Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), afirmou que pretende aprovar a reforma da previdência estadual ainda neste ano. Mas frisou que tudo irá depender da celeridade dos deputados. Nesta segunda-feira, 28, o deputado recebe das mãos do governador Ronaldo Caiado (DEM) o texto da Proposta de emenda à Constituição (PEC), que propõe a reforma em Goiás.

A proposta vem após os Estados e municípios terem sido excluídos da reforma federal. Embora tramite uma PEC paralela para contemplar os entes, o governo de Goiás entendeu que não há condições para esperar essa aprovação, tendo em vista a situação calamitosa das finanças do Estado e, mais ainda, o déficit previdenciário previsto para 2020.

Para Lissauer a aprovação é essencial. “Ninguém está fazendo isso por conta própria, nós sabemos a situação em que o governo do Estado está, o tamanho do déficit da previdência e o crescimento com que isso vem ocorrendo nos últimos anos. Precisamos pensar é que  servidor, o aposentado e pensionista precisa receber. e nós podemos chegar, daqui poucos anos, com o servidor, o aposentado e o pensionista sem receber seu salário, aí seria o caos completo”, argumentou.

Ele também comemorou que a reforma do Estado incluiu os municípios, que serão automaticamente contemplados. Na Casa, ele disse que o debate deve ser, naturalmente, acalorado. “Mas a maioria é que decide, são os 41 deputados que vão decidir sobre a previdência e o futuro dos nossos aposentados e pensionistas. O que eu tenho falado é que o Estado precisa de ajustes”, disse.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.