Lissauer mobiliza 22 deputados estaduais para encontro com Meirelles

Reunião foi realizada, nesta quarta-feira, 15, com parlamentares da Alego para um primeiro contato do postulante com os deputados estaduais

Lissauer Vieira e Henrique Meirelles se reuniram nesta quarta (15). | Foto: Leonardo Iran

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), mobilizou 22 deputados estaduais nesta quarta-feira, 15, para uma breve apresentação do ex-ministro da Economia Henrique Meirelles (PSD) como pré-candidato ao Senado Federal. Foi um bate e volta do pessedista na capital goiana antes de voltar para São Paulo, onde é o secretário da Fazenda do Estado do governador João Dória (PSDB).

O clima foi de apresentação e de aproximação do postulante ao Senado com os deputados da Alego. Cada um dos deputados presentes foram citados nominalmente por Lissauer. Ele fez questão de contar os seus históricos, região de atuação e de fazer uma breve apresentação dos deputados que estiveram presente na reunião e lembra, que oito deputados ainda poderiam estar presentes no evento, se não fossem as suas respectivas agendas.

Toda a mobilização foi feita pelo presidente da Alego e destacada, tanto pelos parlamentares, quanto pelo presidente Regional do PSD, Vilmar Rocha, e também pelo pré-candidato ao Senado Federal, que reiteraram a importância desta articulação que o pessebista teve para coordenar uma reunião que “não foi do PSD”.

Meirelles também cumprimentou Lissauer pela liderança e lembrou que a articulação para esta reunião com os parlamentares foi feita por alguém que faz parte da liderança conjunta de alguém que funciona, “que reparte” e que consegue articular um evento deste tamanho.

Segundo Lissauer, a reunião foi para a apresentação de Meirelles aos deputados, de apresentá-lo como pré-candidato ao Senado. “Estamos na fase de aproximação, de conversa, de diálogo para apresentação do ministro Meirelles como postulante ao Senado. Aqueles que se sentirem simpáticos a pré-candidatura e avalia quem podem contribuir, estarão marcando agendas com lideranças. O momento é de planejar o Estado de Goiás”, acrescentou o presidente da Alego, que pode seguir Meirelles no PSD.

O presidente da sigla fez questão de ressaltar que foi uma reunião dos deputados com Meirelles, para discutir política e trazer o projeto do postulante ao Senado. “Nós fixamos de lançar um candidato ao Senado, montar uma chapa de deputados estaduais, de deputados federais e de termos a maioria no Senado”, comentou o pessedista.

Articulação

Durante o evento, a maioria dos parlamentares destacou a articulação, o histórico político de Meirelles. Entre os presentes, os deputados Tião Caroço (PSDB), Thiago Albernaz (Solidariedade), Wilde Cambão (PSD), Iso Moreira (Democratas), Cairo Salim (Pros), Dr. Antonio (Democratas), Karlos Cabral (PDT), Paulo Cezar Martins (MDB), Rafael Gouveia (DC), Álvaro Guimarães (PL) e Wagner Neto (Pros) usaram a palavra para cumprimentar Meirelles e destacar a influência de Lissauer nesta articulação.

“Não poderia ter escolhido companhias melhores”, segundo o pedetista Karlos Cabral. Ele ainda emenda que o presidente da Assembleia tem influência para galgar novos caminhos. “São nomes que o servem bem, são pessoas que o representam bem”, comentou o pedetista.

O sentimento de todos os parlamentares que estiveram presentes é de que Meirelles têm condições de se cacifar para concorrer ao Senado Federal. É o que exemplifica o deputado Cairo Salim, que lembra que esse primeiro contato é um contato com pessoas que estão próximas a população, de quem tem voto e pode trazer votos para o senador, que pode ser candidato ao Senado pela chapa do governador Ronaldo Caiado (Democratas).

“Já trabalhei na campanha do senhor em outras eleições. Tenho certeza de que esse grupo será comandado pelo governador Ronaldo Caiado. Parabéns ao senhor e ao PSD. Estão certo de que teremos o maior senador do Brasil”, pontua o deputado estadual Tião Caroço (PSDB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.