Lissauer e Paulo do Vale solicitam a ANTT duplicação da BR-452, entre Rio Verde e Itumbiara

Rodovias estaduais foram tema de audiência pública em Rio Verde promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres

A duplicação da BR-452, que liga Rio Verde a Itumbiara, esteve em pauta na audiência pública promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir a concessão de rodovias estaduais importantes. Na agenda, ocorrida na cidade de Rio Verde, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB) e prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (DEM) pediram prioridade para a obra de duplicação da BR-452. Os políticos também discutiram a situação da BR-060, entre Goiânia e Rio Verde, principalmente quanto a necessidade de intervenção com obras de engenharia no entroncamento da BR-060 com a BR-452 e em relação correção dos pontos de aquaplanagem.

“Vejo essa audiência pública como um momento muito oportuno para debatermos questões extremamente importantes da nossa região, como a duplicação da BR-452, que há muitos anos vem sendo discutida em nosso município. Sabemos que a Plataforma Multimodal vai mudar totalmente a trafegabilidade de veículos pesados nessa via e por isso hoje, ao lado de prefeitos e representantes da sociedade, estamos reforçando esse pedido à ANTT para priorizar e dar uma atenção especial à essa demanda”, destaca Lissauer. Ao lado do prefeito do município, de demais gestores da região e de lideranças classistas e políticas, o chefe do Poder Legislativo ressaltou a importância do debate, sobretudo, diante das demandas relacionadas à malha viária do Sudoeste goiano, como a duplicação da BR-452. Segundo o parlamentar, o tema vem sendo discutido há anos e, agora, com a implantação da Plataforma Multimodal da Ferrovia Norte-Sul e com a previsão de aumento expressivo no fluxo de veículos pesados, a execução desta obra ficou ainda mais necessária.

O prefeito Paulo do Vale também salientou a necessidade da duplicação da rodovia que, segundo ele, é hoje um dos principais anseios do setor produtivo e de toda a sociedade. “Estamos apresentando nesta audiência os desejos da nossa sociedade  para que a gente possa ter uma concessão justa e que traga, principalmente, segurança para os usuários dessas rodovias. Precisamos dar prioridade na duplicação da BR-452, uma vez que, com o pleno funcionamento da Plataforma Multimodal, teremos, por ano, cerca de 300 mil caminhões bitrens entrando e saindo desse complexo”, pontua Paulo.

Além da duplicação da BR-452, também foram apresentadas na audiência pública pelos representantes do Poder Executivo, setor empresarial e comunidade rio-verdense, outras necessidades a serem contempladas no Edital de Concessão dos Lotes CN1 e CN2. Entre elas, estão a implantação de marginais no perímetro urbano entre o antigo Frigorífico Margem e a indústria BRF; passarelas nas BR’s 452 em frente ao Denit e na 060 próximo a Kowalski/LDC; viaduto de acesso à Plataforma Multimodal na BR-452 e implantação de anel viário do entroncamento da BRF na BR-060 até o KM 9 da BR-452. No debate, foram indicadas ainda outras contribuições como ponto de descanso para motoristas na BR-452; novo trevo de acesso à GO-174 na saída para Aparecida do Rio Doce; mudança do posto da PRF para após o posto Décio na BR-060, sentido Rio Verde/Goiânia; Intervenção com obras de engenharia no entroncamento da BR-060 com a BR-452; correção dos pontos de aquaplanagem na BR-060; reavaliação dos pontos de acesso às empresas de calcário e alocar na BR-452 retornos próximos às estradas vicinais com maior fluxo de veículos.

Audiências Públicas
Promovidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), as audiências públicas tem como objetivo principal colher contribuições a respeito da exploração de lotes rodoviários localizados nas regiões Centro-Oeste e Norte do país. O projeto, que foi desenvolvido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), contempla os seguintes lotes: Lote CN 1 (BR-060/452/GO), Lote CN 2 (BR-060/364/GO/MT), Lote CN 3 (BR-070/174/364/MT/RO) e Lote CN 5 (BR-364/RO).

Participaram do encontro o vice-prefeito de Rio Verde, Dannillo Pereira; deputado estadual Chico KGL; secretário da audiência pública, Paulo Roberto de Oliveira; presidente da sessão, Leonardo Cavalcanti; representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Henrique Carvalho, secretários municipais, vereadores e líderes classistas. À convite do presidente da Alego, estiveram presentes ainda os prefeitos de Acreúna (Claudiomar Portugal);  Montividiu (Edson Bueno); Porteirão (João Henrique); Portelândia (Marly do Valdineis); Santa Rita do Araguaia (Carlos Tadeu Rocha); Santo Antônio da Barra (Zé Cândido) e de Serranópolis (Tárcio Dutra).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.