Lincoln Tejota assume Cidadania e quer afinar partido com anseios populares

O novo líder do partido confirma pré-candidatura de Virmondes Cruvinel em Goiânia e conta até 120 candidaturas no estado

Lincoln Tejota em posse da liderança do partido Cidadania | Foto: Divulgação

Neste sábado, 29, o vice-governador Lincoln Tejota oficializou sua filiação e assumiu a presidência do partido Cidadania. No evento, transcorrido na sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos do Estado de Goiás (Assego), o novo líder afirmou que o partido está se renovando e compreende os anseios populares neste momento de crise política. 

Ao ser perguntado qual seria sua primeira ação como líder do Cidadania, Lincoln Tejota respondeu: “Fazer a população entender que não queremos construir um partido maior, mas um partido melhor. Chegamos a este momento de crise por uma razão; precisamos entender a responsabilidade do político e dos partidos e dar esta resposta que nosso povo anseia”.

O vice-governador lembrou que foi eleito em primeiro turno com Ronaldo Caiado (Dem) e que isso reflete o desejo de mudança popular. “Os partidos políticos têm de discutir com segmentos organizados da população e oferecer alternativas novas”, afirmou Lincoln Tejota.

Sobre as eleições municipais de 2020, Lincoln Tejota afirmou que o partido Cidadania apresentará de 100 a 120 candidaturas: “São nomes alinhados com nosso sentimento de transformação política. Lançaremos chapas completas de vereadores e vice-prefeitos. Em Goiânia, o nome de Virmondes Cruvinel (Cidadania) tem grande aderência e já está confirmado desde antes de minha chegada”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.