Lideranças do PSDB de Goiânia mostram otimismo após primeira pesquisa de intenção de votos

Tucanos apostam em crescimento do projeto do PSDB para a capital em evento ocorrido no Jardim Novo Mundo, na tarde de sábado

Presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira; presidente do PSDB metropolitano, Rafael Lousa e o pré-candidato Giuseppe Vecci mostraram otimismo sobre resultado da pesquisa divulgada pela TV Record | Foto: Divulgação

Presidente da Câmara de Goiânia, Anselmo Pereira; presidente do PSDB metropolitano, Rafael Lousa e o pré-candidato Giuseppe Vecci mostraram otimismo quanto ao resultado da pesquisa divulgada pela TV Record | Foto: Divulgação

O resultado da primeira pesquisa eleitoral para prefeito de Goiânia 2016, divulgado na última semana pela TV Record, foi abordado pelas lideranças políticas do PSDB que participaram do evento Fala Goiânia, na tarde de sábado (4/6), no Jardim Novo Mundo.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Anselmo Pereira (PSDB) citou versos de Cora Coralina para situar o atual cenário: “O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada”, declamou.

Anselmo relembrou a eleição de 1998 quando um jovem começou do mesmo jeito que o pré-candidato a prefeito de Goiânia, deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB), ao sair candidato ao governo do Estado. “Perguntavam como Marconi iria derrubar as oligarquias dominantes. Mas ele fez o ponto de partida da coragem e foi caminhando nas feiras, nas ruas, pelas cidades e hoje é o único homem na história de Goiás que possui quatro mandatos como governador”, recordou.

Para o presidente da Câmara, a pesquisa apontou o óbvio ao mostrar que os candidatos mais conhecidos estão à frente na disputa. “É natural que os candidatos altamente populistas serão lembrados pela população. Mas é esse o perfil que o goianiense quer para a cidade? Não. A população quer um gestor, um gerente, porque todos os outros que estão aí já estão desgastados”, disparou Anselmo.

Com a mesma linha de pensamento, o presidente metropolitano do PSDB, Rafael Lousa, afirmou que a pesquisa mostrou dois aspectos interessantes. A primeira é que os candidatos mais conhecidos e que estão há muito tempo na política não apresentaram um índice elevado de intenção de votos. O outro é que o eleitorado de Goiânia não está ainda 100% focado nas eleições deste ano.

“A agenda da população ainda não é a campanha. Ela hoje está preocupada com uma série de problemas, como a crise econômica. Mas à medida que a candidatura de Vecci passar a ser conhecida oficialmente, com os programas de TV e rádio, vamos ter um resultado positivo nas pesquisas”, avaliou.

Lousa ainda observou que o que vale na verdade é a pesquisa qualitativa e que, nessa, o PSDB está muito bem posicionado. “A qualitativa busca o perfil do eleitor e temos hoje um candidato competente, com capacidade e preparo para conduzir o processo difícil que Goiânia vive hoje”, garantiu.

Vecci afirmou em discurso que apesar do resultado não ser ainda favorável à sua pré-candidatura, pesquisas qualitativas internas apontam um quadro estimulante. “Aí a coisa muda de figura. Na pesquisa qualitativa temos um campo aberto, um vastíssimo cenário. E é aí que vamos crescer, sim”, disse. O pré-candidato foi aplaudido pelo público ao afirmar que continuará trabalhando todos os dias para avançar. “Vamos criar uma onda, as pessoas vão enxergar. Se não der hoje, vou crescer amanhã, no outro dia e assim sucessivamente. Continuaremos trabalhando porque eu não estou brincando”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.