Líder do prefeito diz que debate sobre reforma da Previdência assumiu caráter político

Vereador Tiãozinho Porto (PROS) diz que prefeito Iris Rezende está disposto a fazer concessões em nova proposta a ser encaminhada para a Câmara

Foto: Alberto Maia

O vereador Tiãozinho Porto (PROS) defendeu na manhã desta terça-feira (19/6) que a proposta de reestruturação do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPSM) não pode ser “politizada”.

“O prefeito vai encaminhar um novo projeto para esta Casa e esperamos que que a CCJ [Comissão de Constituição e Justiça] não arquive de novo. Não podemos politizar, fazer política com um assunto como esse. Temos que ter muito cuidado”, argumentou.

É esperada para esta terça-feira (19/6) ou até a próxima quarta-feira (20) a apresentação de um novo projeto. A principal mudança será o aumento da alíquota para os servidores de forma progressiva. A primeira proposta elevava o percentual de 11% para 14%.

Na última segunda-feira (18), o prefeito teve uma reunião com 21 vereadores da base para apresentação do novo texto. “Também já conversamos com alguns servidores, mas queremos que o projeto chegue logo a esta Casa porque aqui é onde ocorrerá o grande debate”, finalizou Tiãozinho.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.