Líder do Governo anuncia emenda retornando o Ensino Superior para o passe livre estudantil

Sessão no Plenário que discutia matéria teve presença de estudantes. Após protestos, sessão foi suspensa. Item que prevê renda máxima de 3 salários mínimos segue mantido

Bruno Peixoto é o articulador político do Governo Caiado
Bruno Peixoto (MDB) | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Após o Governo Estadual encaminhar à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que pretende reestruturar o programa Passe Livre Estudantil (PLE), o líder do governo na Alego, deputado Bruno Peixoto (MDB), anunciou uma emenda que inclui o ensino superior entre os beneficiários do PLE. Texto anterior retirava direito a universitários.

Um grupo de estudantes esteve presente no Plenário, onde se discutia o tema. Durante a sessão, deputados se posicionaram contrários a medida do governo em cortar o programa. A deputada Adriana Acorssi (PT), adiantou que não votará a favor do projeto. Apesar da emenda estender direito aos universitários, itens polêmicos como renda máxima ainda estão previstos.

Após as falas, o deputado Amauri Ribeiro (PRP) pediu a tribuna e foi recebido com vaias e palavras de ordem pelos estudante. O parlamentar cobrou o direito a se pronunciar e pediu silêncio aos estudante, que não atenderam o pedido. Por conta das manifestações, o presidente da Casa, Lissauer Vieira (PSB), suspendeu a sessão e convocou Comissão Mista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.