Lewandowski é eleito presidente da Segunda Turma do STF, responsável pela Lava Jato

Ministro irá fazer a pauta de processos a serem julgados e decidir quando serão analisados

Foto: Carlos Humberto/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski foi eleito nesta terça-feira (5/6) presidente da Segunda Turma da Corte, responsável pelo julgamento das ações da Operação Lava Jato. Como presidente, caberá Lewandowski fazer a pauta de processos a serem julgados e decidir quando serão analisados.

A partir da próxima terça-feira (12), Lewandowski vai ocupar a vaga de Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato, que deixará o comando do colegiado após um ano na função. A eleição foi simbólica porque, de acordo com as normas internas da Corte,  Lewandowski teria que assumir a presidência por ser o membro mais antigo que ainda não ocupou o cargo recentemente.

Também fazem parte da Segunda Turma os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Celso de Mello. (Com informações da Agência Brasil)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.