Levantamento aponta que Eduardo Bolsonaro já teria dez votos favoráveis em comissão

Entre as sinalizações positivas está a do senador goiano, Vanderlan Cardoso; 11 parlamentares já se posicionaram contrários e 15 estão indecisos

O site O Antagonista fez um levantamento acerca dos votos dos 36 titulares e suplentes da Comissão de Relações Exteriores, no Senado, que deve sabatinar o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), caso ele seja, de fato, indicado ao cargo de embaixador do Brasil em Washington. Segundo apurado, 11 senadores são contra, dez a favor, e 15 indecisos.

Vale destacar que Vanderlan Cardoso (PP), suplente e único senador goiano na Comissão, faz parte dos dez que se manifestaram positivamente. Além dele, são favoráveis: os titulares Nelson Trad (PSD), Márcio Bittar (MDB), Major Olimpio (PSL) e Chico Rodrigues (DEM) e os suplentes Arolde de Oliveira (PSD), Fernando Bezerra (MDB), Roberto Rocha (PSDB), Flávio Bolsonaro (PSL) e Soraya Thronicke (PSL).

Já os contrários são: Mara Gabrilli (PSDB), Randolfe Rodrigues (Rede), Marcos do Val (Podemos), Jaques Wagner (PT), Humberto Costa (PT), Angelo Coronel (PSD) e Jarbas Vasconcelos (MDB) pelos titulares; e Renan Calheiros (MDB), Simone Tebet (MDB), Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Carlos Viana (PSD) pelos suplentes.

Os  15 indecisos, entre titulares e suplentes, são: Esperidião Amin (PP), Antonio Anastasia (PSDB), Kátia Abreu (PDT), Zequinha Marinho (PSC), Fernando Collor (Pros), Romário (Podemos), Mecias de Jesus (PRB), Ciro Nogueira (PP), Acir Gurgacz (PDT), Maria do Carmo Alves (DEM), Oriovisto Guimarães (Podemos), Flávio Arns (Rede), Telmário Mota (Pros), Daniella Ribeiro (PP) e Marcos Rogério (DEM).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.