Levantamento aponta alta do número de inadimplentes no setor varejista

Dados da plataforma Meu Crediário apontam que redução gerada pela pandemia chega a 25%. Consultas de crediário reduziram 58%

Foto: Reprodução

Com média de uma semana em quarentena em todo o país, o comércio varejista já contabiliza os prejuízos diretos para o setor. De acordo com dados divulgados pela plataforma meu Crediário, a inadimplência dos clientes aumentou 25% entre fevereiro e março. As consultas de crédito despencaram, registrando queda de 58% no período.

De acordo com Jeison Schneider, cofundador do Meu Crediário, a tendência é que até o final do mês a inadimplência cresça ainda mais. “ Os lojistas com o caixa mais elevado conseguem até superar as perdas por dois ou três meses, mas para quem já está com dificuldade a dica é renegociar pagamentos com fornecedores e buscar empréstimos com taxas adequadas”, afirma.

Schneider esclarece ainda que para tentar receber o pagamento de parte da carteira, algumas lojas já começam a enviar SMS aos clientes, informando que a parcela deste mês pode ser liquidada por meio de boleto bancário, após a emissão no site.

“Sem dúvida, essa estratégia pode ajudar algumas redes varejistas”, revela. Já as marcas que não conseguirem executar esse plano, o empreendedor sugere que abram mão do valor de juros de multa e mora para clientes em atraso quando a rotina dos brasileiros voltar a normalidade, uma vez que a fidelização é mais importante no contexto atual. “Após o isolamento social vale prestigiar o consumidor com esse benefício, até para incentivar novas compras e na medida do possível auxiliar a retomada da economia”, explica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.