Leonardo Vilela: “Oposição não tem uma bandeira”

Secretário de Gestão e Planejamento de Goiás, tucano lembra que antes oposicionistas criticavam as OSs na gestão dos hospitais, mas agora querem manter o sistema

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Secretário de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás, o deputado federal Leonardo Vilela (PSDB) classifica como despreparo os ataques da oposição à gestão tucana. Em breve entrevista ao Jornal Opção Online na manhã desta quarta-feira (30/7) ele declarou que os adversários do governador Marconi Perillo “não têm uma bandeira.” “Isso nos prova que estamos no caminho certo, pois nosso governo tem o que mostrar”, disse, emendando o fato de candidatos ao governo como Vanderlan Cardoso (PSB), Antônio Gomide (PT) e Alexandre Magalhães (PSDC) admitirem que, se eleitos, poderiam permanecer com o sistema de gestão dos hospitais por Organizações Sociais (OSs), com algumas mudanças. [Sobre o assunto, leia a reportagem Saúde pública é o centro das atenções nas propostas dos candidatos, da edição 2038 do Jornal Opção].

“Por exemplo, agora tem candidato dizendo que dará continuidade às OSs, mas antes criticava. Só que o eleitor tem senso crítico aguçado e percebe que a oposição está com demagogia”, declara.

De acordo com Leonardo Vilela, que também já foi secretário de Meio Ambiente da atual gestão marconista, as pesquisas internas encomendadas pela coligação “Garantia de um futuro melhor para Goiás” mostram que a aprovação do governo tem melhorado e que a rejeição, sobretudo na capital, tem diminuído. “Faltam só dois meses e uma semana aproximadamente para o primeiro turno e nós estamos em uma posição favorável, com uma coligação sólida, o melhor tempo de TV [7 min. e 19 seg.], e com trabalho feito para ser mostrado.”

O tucano avalia que, nestas eleições, até o momento, a população “ainda está fria” em relação ao período eleitoral. “Julho foi inexistente, vamos ver como será este mês”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.