Leite condensado, chicletes e pizza: governo Bolsonaro gasta mais de R$ 1,8 bi em alimentos

No ano passado, foram gastos R$ 15 milhões apenas em leite condensado segundo informações do Painel de Compras, do Ministério da Economia

Rotina do presidente inclui adicionar leite condensado ao pão no café da manhã  | Foto: Reprodução

Levantamento divulgado pelo Metrópoles com base no Painel de Compras, do Ministério da Economia, estima gastos de mais de R$ 1,8 bilhão no carrinho de compras do governo Jair Bolsonaro em 2020, um aumento de 20% ante 2019. Foram considerados apenas os itens que somaram mais de R$ 1 milhão pagos pela reportagem.

Um dos itens que está entre os principais gastos com alimentação é o leite condensado, foram R$ 15.641.777,49 para a compra do produto que o presidente costuma adicionar ao pão francês no café da manhã. Em 2019, primeiro ano de governo, os gastos com leite condensado foram ainda maiores: R$ 26 milhões, segundo o portal de compras do governo.

Além dos itens de “cesta básica”, chamam atenção os R$ 16,5 milhões gastos em batata frita embalada, R$ 13,4 milhões em barra de cereal, R$ 12,4 mi em ervilha em conserva, R$ 21,4 mi em iogurte natural. Só em goma de mascar, foram R$ 2.203.681.

A compra de molho shoyo, molho inglês e molho de pimenta que, juntos, somam mais de R$ 14 milhões do montante pago. Pizza e refrigerante também fizeram parte do cardápio do ano. Débito de R$ 32,7 milhões dos cofres da União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.