Lêda Borges critica ausência de Caiado em reunião sobre Região Metropolitana do DF

Sessão que votaria relatório favorável à MP não avançou por falta de consenso da comissão

Lêda Borges critica ausência de Caiado em reunião sobre Região Metropolitana do DF
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Após ausência do governador Ronaldo Caiado (DEM) na sessão que votaria o relatório favorável à MP 862/2018, que cria a Região Metropolitana do Distrito Federal foi criticada. A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) classificou a ausência como “manobra do governo do Estado para que a MP não seja aprovada”.

A reunião realizada no Congresso Nacional na terça-feira, 16, defende que a partir da criação da nova região, as unidades federativas vão poder interagir com políticas públicas comuns, como segurança e infraestrutura. Entretanto para isso é preciso criar um fundo abastecido pelos Estados e pela União.

Na última reunião que discutiu a MP, o secretário de Planejamento do Estado de Goiás, Pedro Henrique Sales, disse que o texto contém prejuízos aos municípios goianos.

 “Nós estamos aqui falando primeiro sobre a importância de integrar esses municípios e depois discutir o percentual do fundo”, afirmou Lêda, que representa a região metropolitana de Goiânia na discussão.

A discussão continua paralisada, já que não houve consenso no relatório do deputado relator José Nelto (Pode), que é da base caiadista. Nelto fez adições ao texto original, o que segundo os favoráveis a criação da região,  prejudica a tramitação do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.