Entidades lançam segunda fase da campanha Cidades contra a covid-19

Diversas entidades se mobilizam em ação que visa garantir a disseminação de informações seguras sobre a vacinação contra a doença

Entidades como a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), se uniram com o apoio da organização global Vital Strategies, em uma campanha denominada “Cidades contra a Covid-19”. A iniciativa foi criada como uma alternativa à falta de coordenação federal no controle da doença. O objetivo é unificar a linguagem no combate à pandemia em todo o país, facilitando-a.

Prefeitos e gestores de saúde de todos os municípios brasileiros passam a contar com o apoio desses órgãos para divulgarem informações seguras sobre a doença, a importância da vacinação e a necessidade de manutenção das medidas de prevenção contra o vírus, mesmo para aqueles que já foram vacinados. A plataforma Cidades contra a covid-19 lança e disponibiliza diversos materiais que podem ajudar nessa campanha, por meio de formatos que incluem filmes de TV, comerciais de rádio, flyers, resumos e peças de redes sociais. Novos materiais serão adicionados periodicamente à plataforma, acompanhando as necessidades do processo de vacinação e de outros programas de controle da doença.

Jonas Donizette, Presidente da FNP, afirma que os problemas enfrentados hoje são tão graves quanto os que haviam no começo da pandemia. “Temos alertado com muita insistência a escassez e falta de doses e a ausência de um cronograma de prazos e metas de imunização. Além disso, precisamos combater o medo de vacinas por parte da população e a desinformação.”, reitera ele. Jonas assegura que é de extrema importância que os gestores de todo o país incentivem a população a se vacinar e a manter os cuidados de prevenção contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.