Karlos Cabral nega possibilidade de ser líder do governo após recesso

Deputado avalia bem atuação de Bruno Peixoto e garante que não foi sondado

Karlos Cabral | Foto: Divulgação

Apesar de rumores sobre uma passagem de “bastão” de líder de governo na Assembleia de Bruno Peixoto (MDB) para Karlos Cabral (PDT) depois do recesso parlamentar, o pedetista nega qualquer discussão sobre o tema. Segundo o deputado, “ninguém tocou nesse assunto” com ele.

Cabral diz, ainda, que não cogita assumir a função mesmo que houvesse o convite e avalia Bruno tem feito um bom trabalho como líder e que a tendência é que ele continue.

“Estou em outro momento político, tocando o projeto que muda o regimento interno da Assembleia”, informou. Inclusive, esta proposta tem apenas mais uma reunião na comissão especial que avalia, antes de ter o relatório apresentado. “Como foi muito cobrada, acredito que será a principal demanda pós-recesso”, explicou Cabral.

Esta não é a primeira vez que informações de bastidores sugerem a saída de Bruno Peixoto da liderança.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.