Juvenal Juvêncio, ex-presidente do São Paulo, morre de câncer de próstata

Ele foi um dos maiores dirigentes da história do tricolor, conquistando três brasileiros consecutivos, uma Copa Sul-Americana, uma Libertadores e um Mundial de Clubes

Juvenal Juvência (dir) com jogadores do São Paulo | Divulgação/SPFC

Juvenal Juvência (dir) com jogadores do São Paulo | Divulgação/SPFC

O ex-presidente do São Paulo Futebol Clube Juvenal Juvêncio, 81, morreu na manhã desta quarta-feira (9), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após lutar contra câncer de próstata durante anos.

A doença o deixou bastante debilitado e os últimos meses foram complicados. O velório acontecerá no Salão Social do estádio tricolor a partir das 15 horas, e o sepultamento está marcado para as 10 horas de quinta-feira (10) no Cemitério do Morumbi.

Juvêncio foi um dos maiores dirigentes da história do time. Ex-diretor de futebol e presidente em dois períodos por quatro mandatos — 1988 a 1990 e 2006 a 2014 — ele conquistou vários títulos, como três brasileiros consecutivos, uma Copa Sul-Americana, uma Libertadores e um Mundial de Clubes.

O São Paulo decretou luto oficial de três dias em memória de Juvenal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.