Caiado obtém decisão favorável do TRE em ação movida pela chapa governista

Segundo o presidente do PSDB em Goiás, Paulo de Jesus, a coligação Garantia de um Futuro Melhor Para Goiás vai recorrer da decisão judicial

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) negou, neste sábado (9/8), o pedido do governador Marconi Perillo (PSDB) e do vice, José Eliton (PP), direcionado às críticas feitas à atual gestão do governo pelo deputado federal Ronaldo Caiado (DEM), candidato ao Senado pela chapa encabeçada por Iris Rezende (PMDB).

Ronaldo Caiado já publicou críticas sobre a situação energética do Estado e também quanto à segurança pública, além de assegurar, por meio de sua conta no microblog Twitter, que o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Dentran-GO) funcionaria como uma espécie  de caixa dois no caso do reemplacamento de veículos. Na época, o democrata disse também que estaria derrubando placas que anunciavam obras sob responsabilidades da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), o que levou o presidente da pasta, Jayme Rincon, a ingressar na Justiça contra o democrata.

Sobre esta decisão favorável, feita pelo juiz Jesus Crisóstomo de Almeida, o democrata disse que não se intimidará diante do processo eleitoral e assegurou que continuará defendendo o Estado. O senatoriável informou também que se solidarizou com sua funcionária Cristina Kott, que, após decisão do TRE-GO nessa sexta-feira (8/8), foi obrigada a apagar postagens consideradas “difamatórios e inverídicas” sobre coligação Garantia de um Futuro Melhor para Goiás (PSDB, PP, PSD e aliados).

O presidente do PSDB em Goiás, Paulo de Jesus, informou ao Jornal Opção Online que a coligação vai recorrer da decisão do TRE estadual. “Buscamos amparo na lei apenas contra o excesso e oportunismo eleitoral do candidato. Não queremos censurar as redes sociais de Ronaldo Caiado, queremos apenas que ele não publique inverdades constantes”, disse.

caiado tweet

Twitter de Ronaldo Caiado (DEM) sobre placas da Agetop

 

 

Deixe um comentário