Justiça mantém prisão temporária de suspeito de crime em Corumbá de Goiás

Juíza, ainda, negou transferência de Wanderson Mota Protácio para presídio da cidade

Wanderson teve prisão temporária mantida. | Foto: reprodução

A justiça manteve a prisão temporário do caseiro suspeito da prática de um triplo homicídio na zona rural de Corumbá de Goiás, Wanderson Mota Protácio. Além de atender ao pedido do Ministério Público, a juíza Aline Freitas da Silva negou o pedido de transferência do suspeito para a unidade prisional de Corumbá.

Para o MPGO, o presídio da cidade tem instalações modestas. O suspeito está preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Durante a audiência de custódia, Wanderson revelou sofrer ameaça de outros presos. No entanto, o suspeito está em cela separada. Por conta do narrado, o MPGO oficiará a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) para que sejam garantidas as condições de segurança do suspeito,

O crime ocorreu no último dia 28 de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.