Justiça Eleitoral suspende parte do programa eleitoral de rádio da coligação de Iris Rezende

Esta é a segunda liminar movida contra a coligação do PMDB no 2º turno. Conteúdo sugere a existência de “caixa dois” na campanha de Marconi Perillo 

destaque

Caso descumpra a decisão, a coligação Amor por Goiás terá que pagar multa de R$ 5 mil para cada exibição do trecho

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) suspendeu nessa segunda-feira (13/10) parte do programa eleitoral do candidato ao governo de Goiás, Iris Rezende (PMDB), veiculado em rádio. No áudio, o senador eleito Ronaldo Caiado (DEM) sugere a existência de “caixa dois” na campanha do governador e candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB).

Esta é a segunda liminar movida contra a coligação do PMDB no segundo turno. Na última sexta-feira (10), a coligação do tucano conseguiu junto ao TRE liminar determinando que não fosse mais veiculado o falso diálogo entre o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), Jayme Rincón, e o ex-vereador Wladmir Garcêz sobre uma suposta compra de pesquisas eleitorais.

As críticas do programa do peemedebista são relacionadas ao reemplacamento de veículos, iniciativa coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-Go). No entanto, segundo o órgão, o procedimento surgiu em uma tentativa de inibição de práticas criminosas como clonagens e dublês. Os lacres rastreáveis, por exemplo, substituiriam os de chumbo, sendo que os novos têm numeração alfanumérica, que é prenotada no documento do veículo. Além disso, a placa conta com número de série, data de fabricação e código de barras, dando mais agilidade à fiscalização e obtenção de informações do veículo e do proprietário.

De acordo com a liminar do juiz Fabiano Abel de Aragão, “a permanência de propaganda eleitoral irregular atenta contra a lisura do pleito eleitoral e a isonomia entre os candidatos”.

Caso descumpra a decisão, a coligação Amor por Goiás terá que pagar multa de R$ 5 mil para cada exibição do trecho.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.