Justiça determina bloqueio de R$ 3 milhões da conta de Anitta

No último ano, cantora foi condenada a pagar uma pequena fortuna por quebra de contrato, mas se recusou a pagar quantia

Assessoria da cantora nega sentença | Foto: Reprodução/Instagram

Assessoria da cantora nega sentença | Foto: Reprodução/Instagram

A Justiça do Rio de Janeiro determinou o bloqueio de R$ 3 milhões da conta da funkeira Anitta por não cumprimento de uma decisão judicial. No último ano, a cantora foi condenada a pagar R$ 5 milhões à empresa K2L por quebra de contrato, mas se recusou a pagar a quantia. As informações são do jornal “O Globo”.

Segundo a sentença da juiza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Civel da Barra da Tijuca, o fato da cantora não ter pago a quantia determinada foi encarado como “ato atentório à dignidade da Justiça”.

À imprensa, no entanto, a assessoria de Anitta informou que a conta da cantora segue desbloqueada e que o processo continua em andamento.

Em agosto de 2014, Anitta resolveu romper com os empresários e passou a gerir sua próprio carreira. Como justificativa, a cantora afirmou que a K2L havia desviado R$ 2,5 milhões de seu patrimônio. Em outubro do mesmo ano, no entanto, o caso sofreu uma reviravolta e a funkeira acabou condenada por quebra contratual.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.