Justiça decreta prisão de três pessoas por desabamento no Rio

Eles já são considerados foragidos e podem responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar

Nesta sexta-feira, 19, a Justiça decretou a prisão temporária de três investigados pelo desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Eles são suspeitos de construir e vender os apartamentos dos edifícios que caíram.

São eles José Bezerra de Lima, o Zé do Rolo, Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa. Eles podem responder por homicídio doloso. A detenção foi determinada após indiciamento feito pela delegada titular da 16ª DP da Barra de Tijuca.

Segundo ela, não há dúvidas de que eles são os responsáveis pelas irregularidades nos prédios. Apesar disso, eles ainda não foram encontrados e já são considerados foragidos.

“A gente entende que aquele que constrói um prédio daquela forma, naquelas circunstâncias, assume o risco pela morte daquelas pessoas”, disse a titular ao explicar o porquê da criminalização por homicídio doloso, aquele em que há intenção de matar, e não por desabamento com morte.

Os prédios caíram no dia 12 de abril. Ainda nesta sexta, 19, os bombeiros fazem buscas por vítimas nos escombros. Já são 20 mortos e três desaparecidos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.