“Juristas com quem conversei disseram que tenho total condição de manter minha candidatura”, diz Cristina

A atual vereadora afirma que o PL adulterou a ata da convenção em que foi decidido que ela concorreria à Prefeitura de Goiânia

Cristina Lopes afirma que foi traída pela cúpula estadual do partido | Foto: Reprodução

Mesmo tendo oficializado a candidatura da vereadora Dra. Cristina Lopes à Prefeitura de Goiânia em convenção na quarta-feira, 16, o PL decidiu apoiar a candidatura de Maguito Vilela (MDB). Segundo Dra. Cristina Lopes, o partido adulterou a ata da convenção para efetivar a mudança de posicionamento. A vereadora pretende entrar com medida cautelar de permanência no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) assim que o prazo permitir.

“No momento, estamos levantando toda a documentação necessária: cópia escrita da convenção, transcrição taquigráfica, a declaração das pessoas que participaram da convenção. Os juristas com quem tenho conversado disseram que tenho total condição de garantir minha manutenção no processo”, afirma Cristina Lopes. 

Caso Dra. Cristina Lopes vença o processo, será a candidata pelo Partido Liberal, mesmo com relações abaladas com o partido. “Eu não quero tomar o PL”, afirma ela. “Mas isso é uma sabotagem eleitoral. Por uma intervenção da cúpula estadual, o interesse político está sendo falsamente colocado acima da decisão democrática da convenção do partido. Temos de garantir que o processo democrático não seja ferido”. 

Dra. Cristina Lopes define como “péssima” a relação com o partido. Ela afirma ter insistido para que a sigla não tomasse a atitude da mudança de posicionamento, e que os dirigentes partidários acreditaram que ela aceitaria a mudança de contingência com a garantia da ocupação dos espaços políticos. “Mas eu fui para o PL com a garantia de que seria candidata”, conclui ela. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.