Júlio da Retifica diz que deputados não sabiam que situação financeira do Estado estava crítica

Parlamentar afirma que por ter tomado conhecimento disso recentemente, votou à favor do decreto de calamidade financeira

Foto: Alego

O deputado estadual Júlio da Retifica (PTB), que votou à favor do decreto de calamidade financeira, enviado por Ronaldo Caiado (DEM), e aprovado na Assembleia, também votou favorável à aprovação das contas de 2017 do Estado, sem as ressalvas pontuadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Segundo ele, essa mudança ocorreu, porque, à época da avaliação das contas daquele ano os deputados não sabiam da dimensão da crise em Goiás. “Foi fruto de um desconhecimento, depois que ficamos sabendo do atraso dos repasses às prefeituras, da realidade da saúde”, disse.

De acordo com o deputado, mesmo com o TCE alertando para o desequilíbrio fiscal, os parlamentares não tinham acesso às contas para saber realmente como estava. “E agora que tomamos conhecimento, vemos que o problema é muito maior do que somente aquelas ressalvas que eles tinham colocado”, explica.

Para Júlio, agora é visível a problemática, diante da dificuldade de pagar o salário de dezembro dos servidores e os problemas nas negociações. Por isso, não viu outra forma de apreciar a matéria enviada a não ser sendo favorável ao decreto de calamidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vilmar Cordeiro de Andrade

É um Deputado irresponsavel, crcretino desde 2011 o Marconi vem afundando o estado com essa pomitica de do tempo novo que nunca foi novo, julio da Retifica participou de todos os governos do Marconi e sempre soube que eles estaca afundando a estado a esse caus.

Deusimar Pedro de oliveira

Mentiroso sempre foi cumpincha do ex governador esse é o verdadeiro bagre ensaboado,só age por interesse.

Sebastião Araújo

Como que um deputado diz nao saber da real situação financeira do estado, sendo que o mesmo foi eleito pelo povo para fiscalizar o governo. E bota a favor sem ler e ver o que tá aprovando

marcos

Julio tem o cunhado na prefeitura de Porangatu e não sabia das verbas que não estavam vindo, nos poupe, o senhor ajudou a quebrar o estado, esta envolvido nas maracutaias da venda da Celga e logo os seu amado mestre Marconi Perilo terá que ressarcir o estado de Goias e o senhor Julio da retifica pagará também.

Newton Amaral

Muito me admira um deputado alegar desconhecimento da realidade financeira do Estado. Votou a favor porque era de seu interesse. Agora vem com essa conversa.