“Judiciário é grato à parceria e ao respeito de Marconi”, diz presidente do TJ-GO

Gilberto Marques Filho ressaltou a boa relação entre o poder judiciário e o ex-governador, durante reunião nesta quarta (3)

Divulgação

Desembargadores, juízes e servidores jurídicos receberam o candidato a senador Marconi Perillo (PSDB) no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, no Setor Oeste, em Goiânia, para uma reunião na manhã desta quarta-feira (3). Na ocasião, o ex-governador recebeu o agradecimento do presidente do TJGO, Gilberto Marques Filho, que ressaltou a boa relação entre o poder judiciário e Marconi.

“Como governador, Marconi sempre atendeu nossos representantes e atuou para buscar uma relação de sintonia com os demais Poderes. É uma honra receber Marconi, que sempre teve carinho pelo Poder Judiciário e sempre foi um parceiro”, disse Gilberto Marques. “Por isso nós o convidamos para vir até aqui pra dizer que todos nós estamos satisfeitos pelo que ele fez, sempre atendendo os anseios do Poder Judiciário, então deixo um agradecimento a Marconi pelo que fez durante seus mandatos”, disse o desembargador.

“Todas as demandas sempre tiveram respostas e sinal positivo aos servidores e instituição. Depois de muitos anos trabalhando como governador, só tenho palavras de agradecimento a essa instituição”, disse o candidato ao Senado. “As demandas de trabalho do Judiciário são demandas da população de Goiás, especialmente os cidadãos mais simples, que precisam muito da Justiça”, afirmou.

Marconi ressaltou que sempre teve um apreço e reconhecimento pelo poder Judiciário e que sempre se comportou de maneira democrática com todas as instituições goianas.

“Sempre atendi desde igrejas, empresários, trabalhadores, todos, com o intuito de fazer com que o Estado evoluísse. Quem conheceu Goiás antigamente pode comparar os avanços em todos os aspectos”, disse. “Em relação ao Tribunal de Justiça acompanhei as demandas de todos os presidentes como novas vagas, avanços para o descongestionamento do Poder Judiciário, plano de carreira dos servidores”, disse.

Marconi apresentou os motivos pelos quais busca uma das duas cadeiras da eleição estadual para o Senado Federal. “Meu propósito é muito maior do qualquer vaidade pessoal. O Senado precisa de pessoas com capacidade diplomáticas, porque as relações serão fundamentais para que o Brasil não afunde nunca crise ainda maior”, afirmou.

“Como senador o meu dever vai ser cuidar da federação, lá podemos juntar algumas pessoas para juntos auxiliar o presidente da República que vai ter um grande desafio pela frente”, disse.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.