Caso Fran: novo processo contra suspeito será aberto

“Vamos entrar com uma ação por danos morais e materiais para tentar reparar o estrago que ele fez”, disse a vítima

Este slideshow necessita de JavaScript.

A jovem Francyelle dos Santos Pires, conhecida como Fran, que teve vídeos íntimos reproduzidos nas redes sociais e aplicativos para celulares em 2013 disse que vai processar novamente o ex-namorado por ter divulgado as imagens. O suspeito, um comerciante de 23 anos, respondeu por injúria e difamação na última quarta-feira (8/10). Ficou acordado entre ambas as partes que ele deverá prestar serviços comunitários durante cinco meses.

A jovem também afirma que “nunca mais será a mesma” devido ao crime e, portanto irá abrir novo processo neste mês.”Vamos entrar com uma ação por danos morais e materiais para tentar reparar o estrago que ele fez”, afirmou Fran.

Na audiência, Fran estava notoriamente abalada. O Ministério Público de Goiás (MPGO) propôs que a ação entre o ex-casal fosse suspensa, visto que a pena para quem comete crimes de injúria varia de sete meses e um ano de prisão. Em seguida, Fran aceitou a proposta que estipulou a prestação de serviços ao acusado. No entanto, a advogada da jovem também salientou que a penalidade não foi “satisfatória” e que agora vai entrar com uma ação por danos morais e materiais.

O caso

No dia 5 deste mês, fez um ano que o caso ganhou repercussão nacional e viralizou na internet. Depois do episódio, Fran perdeu o emprego, saiu da faculdade e mudou de bairro. “Tive minha imagem denegrida. Minha vida se tornou um bagunça e ele saiu rindo de mim. Não houve punição”, lamentou a vítima, chorando.

Na época, além do vídeo íntimo, a jovem teve seus perfis em redes sociais, fotos e número de telefone divulgados pelos internautas.  Após a exposição causada pelo fato, Fran registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher (Deam).

Deixe um comentário