Jovem que matou garçom no Setor Marista diz que queria apenas “passar um susto nele”

Edmar Cavalcante foi assassinado em frente à boate Pink Elephant. O Ministério Público o denunciou por homicídio por motivo fútil e recurso que impossibilitou defesa

A Justiça ouviu, nesta sexta-feira (26/8), Cairo Petrucci de Paiva, que confessou ter assassinado o garçom Edmar Cavalcante em fevereiro deste ano. Segundo ele, seu objetivo ao pegar a arma que resultou na morte do jovem era “passar um susto nele”. Edmar foi morto em frente à boate Pink Elephant, no Setor Marista.

Cairo foi denunciado pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) por homicídio com qualificadoras de motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Segundo as investigações, o suspeito e um outro homem, identificado como Emerson, tentaram entrar na boate por volta das 2 horas e, ao serem barrados, provocaram confusão com Edmar e um amigo dele na porta do local.

Segundo Cairo, ele conheceu Emerson no dia do crime em uma boate no Parque Santa Luzia. Ele afirmou ainda que Edmar e outras duas pessoas teriam “feito gracinha” quando eles foram barrados. O denunciado também disse que estava embriagado.

Emerson teria, segundo o depoimento de Cairo, derrubado uma cerveja da mesa de Edmar e começado a discutir. Os dois seguiram para o carro e Cairo recebeu a arma da mão de Emerson. Ele voltou para a boate e atirou, mas, de acordo com ele, a pistola falhou. Depois, ele teria dado um tiro “à esmo” e saído, mas não viu que tinha matado Edmar: “Só fiquei sabendo da morte no dia seguinte”.

Uma testemunha, o estudante Givago Santana, disse que viu a cena e confirmou que foi Cairo quem matou Edmar. As testemunhas da defesa apenas disseram que não presenciaram a discussão e alegaram que Cairo era um jovem calmo e sem envolvimento com drogas. O denunciado está em prisão preventiva desde 3 de maio. Agora, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara abriu o prazo para as manifestações da defesa e do Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.