Marco Rodrigues de Araújo, de 20 anos, foi preso em Aparecida de Goiânia suspeito de matar o pai, Divino Araújo, de 45 anos, por conta de uma herança de aproximadamente R$ 80 mil. Um rapaz de 18 anos, amigo de Marco, também foi preso por suspeita de participação no crime, cometido a pedradas. Divino Araújo foi assassinado na noite do último domingo (13/7) e chegou a ser levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde, segundo a unidade, já chegou sem sinais vitais.

As prisões ocorreram na segunda-feira (14) após depoimentos de familiares e amigos, que disseram aos policiais que o crime estaria sendo planejado há cerca de um mês devido à mudança de comportamento de Marco Rodrigues para com o pai. Ele já tinha passagem por furto e roubo. A mãe do suspeito faleceu há seis meses e deixou uma herança de R$ 160 mil, dos quais metade foi usada na aquisição de um lote e o restante guardado por Divino, tendo sido esta a motivação do homicídio.

Ao ser preso, Marco Rodrigues confessou o assassinato e repassou o endereço e a identidade do comparsa. Ambos estão presos na Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH).