Jovem de 15 anos desenvolve projeto para garantir mais segurança a portadores de Alzheimer

Projeto figurou entre os 15 finalistas do Google Science Fair

Kenneth e o avô, que serviu de inspiração para o projeto

Kenneth e o avô, que serviu de inspiração para o projeto

Kenneth Shinozuka, um jovem norte-americano de apenas 15 anos, preocupado com seu avô, que sofre de Alzheimer, desenvolveu um projeto que acabou figurando entre os 15 finalistas do Google Science Fair.

Temendo pela segurança e saúde do idoso, que, como a maioria dos portadores do mal, costuma perambular pela casa durante a noite, Kenneth criou um dispositivo que avisa, por meio de smartphones, todas a vezes que o avô levanta da cama.

Segundo o adolescente, o idoso sofreu diversos acidentes porque a tia, responsável por cuidar dele, raramente acordava quando ele dava seus passeios noturnos. Em uma ocasião, ele foi encontrado a mais de três quilômetros de casa.

O aparelho criado por Kenneth funciona com um sensor de pressão que fica preso no pé ou na meia do paciente, sendo acionado sempre que o usuário pisa no chão. O jovem levou cerca de seis semanas para construir o protótipo, que, durante os seis meses de testes, detectou com precisão todas as vezes que o avô saiu da cama.

Agora, Kenneth trabalha no processo de manufatura de centenas de sensores que serão doados para o uso de pacientes de Alzheimer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.