Presidente petebista em Goiás diz que sigla deve melhorar convencimento diante do eleitor na campanha. Pré-candidato da legenda é o ex-deputado Luiz Bittencourt

Deputado federal e presidente do PTB em Goiás, Jovair Arantes | Jornal Opção
Deputado federal e presidente do PTB em Goiás, Jovair Arantes | Jornal Opção

O deputado federal Jovair Arantes (PTB) afirmou ao Jornal Opção que não existe candidatura do PTB à Prefeitura de Goiânia em 2016 independente “desse ou daquele setor”. “E sim de partido. Vamos procurar todos para aliança. Nossa proposta é a que se encaixa melhor, a população está carente e precisa recuperar a auto-estima”, avaliou. Porém, o parlamentar não cita nomes ou siglas que já teria sondado para compor a chapa para a corrida ao Paço Municipal.

[relacionadas artigos=”49716″]

Presidente do PTB goiano, ele diz que o pré-candidato da sigla, o ex-deputado federal Luiz Bittencourt é qualificado para fazer choque de gestão na capital. “Quando digo independente é do ponto de vista partidário, e não de unidade. Tanto no segundo quanto no primeiro turno. Não somos agregados a nenhum partido.”

“Todos os petebistas têm pensamento em comum: a descrença com os últimos administradores”, continua. E o que deve ser feito para evitar os mesmos erros das eleições passadas, como quando o dirigente disputou o Paço Municipal e conquistou 14% dos votos? Jovair diz que o PTB precisa melhorar o convencimento diante do eleitor. “As pessoas têm que acreditar. Certamente estão arrependidas nesse momento.”

Recentemente, a bancada do partido na Assembleia Legislativa se reuniu com o presidente e Bittencourt para discutir ações para o ano que vem.