José Vitti pretende “agilizar” Assembleia com novo regimento interno

Texto poderá incluir até mesmo mudanças no horário das sessões ordinárias. Ideia do presidente é instaurar uma comissão especial para tratar do tema

Deputado José Vitti durante discurso de posse | Foto: Ruber Couto/Alego

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), vai propor a modernização do regimento interno da Casa. O objetivo é agilizar os trabalhos dos deputados tanto no plenário como nas comissões temáticas, especialmente na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O ex-presidente Helio de Sousa (PSDB) chegou a se movimentar nesse sentido, mas o projeto não emplacou. A última foi reforma do regimento foi feita na gestão do tucano Jardel Sebba. A ideia de Vitti é reunir todos os projetos de mudança de regimento que tramitam na Assembleia e condensar numa só proposta, que seria submetida a um grande debate com os deputados.

Deputados como Henrique Arantes (PTB) e Daniel Messac (PSDB) já apresentaram em anos anteriores propostas para a mudança do regimento. O primeiro passo da reforma do regimento será a nomeação de uma comissão especial para configurar, por meio de consenso, um novo regimento.

Deputados experientes como Humberto Aidar, Luis Cesar Bueno (ambos do PT) e Álvaro Guimarães (PR), que já exerceram vários mandatos, são cotados para compor a comissão.

Se houver entendimento, pode até haver mudança do horário das sessões ordinárias. No caso das quintas-feiras, por exemplo, os trabalhos seriam realizados no período da manhã para liberar a agenda dos parlamentares para contato com as bases no interior do estado.

Cogitam-se também a eliminação da leitura da ata da sessão anterior e a ampliação do espaço para as discussões parlamentares.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.