José Nelto apresenta projeto que torna hediondo crimes de desvio de verbas

Se aprovado, projeto irá incluir crimes como peculato e corrupção passiva e ativa na tipificação

O deputado federal José Nelto (Podemos), apresentou à Câmara dos Deputados um Projeto de Lei (PL) que defende incluir crimes ligados a desvio de verbas entre tipificação de hediondo.

 Segundo o deputado, o PL pede a inclusão de crimes como peculato, inserção de dados falsos em sistema de informações, corrupção passiva, corrupção ativa, e corrupção ativa em transação comercial internacional.

Se aprovada, a proposta  fará com que estes crimes sejam insuscetíveis de anistia, graça e indulto. Além disso, a execução das respectivas penas deverá ocorrer inicialmente em regime fechado, sendo  progressiva de regime.

“Acredito que o endurecimento dessas penas possam colaborar para que aqueles que pensarem em infringir a lei, temam a punição, deixando assim de cometer o crime. Precisamos tentar de todas as formas inibir que o dinheiro público vá parar nas mãos de criminosos”, completa Nelto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.