José Eliton entrega benefícios sociais em Cachoeira Alta

Mais de 130 famílias do município foram beneficiadas com o cartão do Renda Cidadã

Governo de Goiás/ divulgação

Aparecida Donizete Cabral tem 60 anos. Há 39 anos cuida do filho Telmo Martins Cabral, um surdo-mudo que convive com as dificuldades próprias de quem tem limitações e escasso espaço no mercado de trabalho.

A dona de casa que reside no município de Cachoeira Alta é divorciada e vive com um salário mínimo de aposentadoria, gastando mensalmente a metade do que recebe em remédios para ela e o filho. Com o pouco que sobra, administra um orçamento apertado para honrar o pagamento das contas de água e luz e para adquirir a cesta básica do mês.

Para Aparecida, este sábado (28) foi um dia especial. Ela e outras 131 famílias de Cachoeira Alta, município de pouco mais de 12 mil habitantes localizado na região Sul de Goiás, a 380 quilômetros de Goiânia, passaram a integrar a rede de assistência social do Governo de Goiás, beneficiando-se da ajuda financeira fornecida pelo programa Renda Cidadã às famílias economicamente vulneráveis.

Modernizado no primeiro governo de Marconi Perillo, com a implantação do cartão magnético em substituição às cestas de alimentos, o Renda Cidadã atende famílias carentes de todos os 246 municípios goianos. Só em 2017 foram investidos R$ 59,6 milhões, beneficiando cerca de 74 mil famílias. De acordo com as regras do programa, as famílias recebem auxílio financeiro que varia de R$ 100 a R$ 160.

Determinado a governar para os que mais precisam da ajuda do Estado, “porque se não for para fazer o bem não tem sentido estar na vida pública”, o governador José Eliton declarou-se feliz em estar cumprindo mais uma agenda social. “Nada me dá mais alegria e satisfação no governo do que poder entregar benefícios sociais a quem mais precisa. As obras físicas são importantes e necessárias, mas minorar o sofrimento das famílias e dar-lhes dignidade através da inclusão social  será sempre a nossa prioridade”, reiterou ao anunciar também a entrega de passaportes para idosos.

Em seu pronunciamento, assumiu o compromisso de apoiar a reivindicação da cidade para que a Agehab construa mais 167 casas populares, além das 73 que estão em andamento na Vila Canaã, setor que ele visitou para vistoriar as obras de recuperação asfáltica. Anunciou que, das 30 mil unidades previstas no plano elaborado no início do ano por ele e o ex-governador Marconi Perillo, 19 mil delas já foram entregues. “Até o final do ano vamos cumprir a meta”, garantiu.

“Estou feliz em poder governar Goiás. Para governar tem que ter equilíbrio, atender os anseios dos que precisam. Não vou perder a oportunidade de governar para os mais humildes, dar oportunidade às pessoas”, reiterou.

O governador reafirmou que vai continuar modernizando o Estado, “fazendo política com respeito”.  “Eu ando pelo Estado e vejo as obras acontecerem. Vencemos o pessimismo com os resultados do programa Goiás na Frente. As obras estão acontecendo. O meu compromisso é trabalhar, acordar cedo, dormir tarde, não ter preguiça. Goiás tem pressa”.

Mais uma vez, José Eliton prestou homenagem ao ex-governador Marconi Perillo. “Por dever de justiça e de consciência, não podemos nos esquecer que se estamos seguindo em frente com tantas conquistas é porque tivemos o govenador Marconi Perillo como gestor que preparou Goiás para o futuro. Vou consolidar essas conquistas não olhando  pelo retrovisor, mas para a frente”, afirmou.

O prefeito Kelson Vilarinho iniciou seu discurso enaltecendo a capacidade administrativa do governador José Eliton. Destacou o fato de ele conhecer todo o Estado, ter comandado o programa Goiás na Frente, fazendo de Goiás “um estado privilegiado, diferente da maioria dos estados, que não tem obra para inaugurar e alguns nem dinheiro para pagar a folha de servidores”.

Acrescentou que José Eliton já demonstrou ser “um governador competente, sério e experiente”. Para ele, “José Eliton já mostrou que veio para fazer ainda mais, revolucionar a administração pública. Em Goiânia ele está fazendo uma verdadeira revolução com programas na área de segurança e saúde”.

Afirmou ainda que é preciso dar total apoio ao governador, “retribuindo a atenção e o carinho que ele tem com todos os municípios goianos”. E encerrou dizendo que Cachoeira Alta recebe como uma bênção a parceria que tem com “um governante experiente e sempre presente como José Eliton”.

Durante sua visita a Cachoeira Alta, o governador também inaugurou  obras realizadas pela prefeitura com recursos do programa Goiás na Frente e Cheque Mais Moradia Modalidade Comunitário: a pavimentação e galerias pluviais que receberam investimentos de R$ 1,6 milhão, beneficiando o centro da cidade e o setor Maranata e a arquibancada do Estádio Municipal Steinonites Guimarães, no valor de R$ 40 mil.

O governo do Estado, através da Agehab, está investindo na construção de 73 unidades habitacionais no bairro Canaã. Na semana passada, o presidente a agência, Cleomar Dutra, esteve em Cachoeira Alta para acompanhar o início das obras que estão sendo realizadas pelos próprios beneficiários. O investimento é de R$ 1 milhão e 95 mil, R$ 15 mil por unidade habitacional.

A extensa programação do governador José Eliton em Cachoeira Alta também incluiu a inauguração da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dona Altina, construída a partir de emenda parlamentar do deputado federal Heuler Cruvinel, no valor de R$ 600 mil. A UBS vai beneficiar mais de 2 mil pessoas do setor Portelinha.

O governador participou ainda do lançamento da pedra fundamental do Hospital Municipal. O hospital será construído com recursos próprios no valor de R$ 4 milhões.

Com o governador, estiveram em Cachoeira Alta o secretário de Cidadania, Murilo Mendonça, os deputados federais Heuler Cruvinel e Marcos Abraão, os deputados estaduais Virmondes Cruvinel e Henrique Arantes, além dos prefeitos de Jataí, São Simão, Acreúna, Itajá, Lagoa Santa, Itarumã, Caçu, Porteirão, Hidrolândia, Paranaiguara e Aparecida do Rio Doce.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.