José Eliton e Fabrina abrem cinema do Palácio para a exibição do longa-metragem Vazio Coração

Drama foi dirigido e roteirizado pelo cineasta mineiro, de Patrocínio, radicado em Goiás, Alberto Araújo

O governador José Eliton e a primeira-dama Fabrina Müller abriram, na noite desta quinta-feira (22/11), o Palácio das Esmeraldas para a exibição do longa-metragem Vazio Coração, drama dirigido e roteirizado pelo cineasta mineiro, de Patrocínio, radicado em Goiás, Alberto Araújo. “A valorização da produção cultural goiana é princípio e legado de nossas administrações”, disse o governador após assistir ao filme, acompanhado de auxiliares e convidados.

Vazio Coração, filmado nas cidades de Araxá e Patrocínio, em Minas Gerais, no segundo semestre de 2011, foi lançando em 2013 e conta a história de Hugo Kari, um cantor brasileiro de renome nacional que resolve fazer uma pausa em sua atribulada agenda para se encontrar com o pai, o embaixador Mário Menezes, no Grande Hotel Termas de Araxá, local das férias de infância do protagonista. O filme é protagonizado pelos atores Murilo Rosa e Othon Bastos, e traz ainda as atuações de Lima Duarte, Bete Mendes, Larissa Maciel, Oscar Magrine e Patrícia Naves.

Alberto Araújo produziu seu primeiro trabalho em vídeo em 1989, um curta intitulado Poema Sincero com o qual ganhou os prêmios de melhor roteiro e melhor som no festival de Cinema de Gravataí (SC). Em 1990, escreveu, atuou e dirigiu a média metragem Minha Senhora Solidão, premiado como melhor roteiro e melhor ator no Festival Internacional de Vídeo de Florianópolis (SC). Em 1991, começou a produzir para a TV Anhanguera, afiliada goiana da Rede Globo, o programa Goiás Adentro, cujo objetivo era mostrar a história e potencialidades culturais das cidades goianas. Foi redator, diretor e apresentador do programa.

A produção, voltada para a área ambiental, rendeu a Alberto o Diploma de Mérito “por seu efetivo compromisso com a preservação ambiental e trabalho em favor do desenvolvimento turístico de Goiás”, concedido em outubro de 2004 pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Como roteirista, produtor e diretor, ele tem no currículo os documentários: Araguaia Mar; Canto para o Rio Tocantins; A Sombra e a Claridade; O eterno e o efêmero; e Viagem e Versos, pelos caminhos da Lusofonia (produzido em Lisboa e Cabo Verde em novembro de 2009).

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tony

Esse Ze é piada. Estado quebrado ele fazendo essas palhaçadas