José Eliton é de centro-esquerda, no espectro político, diz Isaura Lemos

Assim como o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, José Eliton foi acolhido por grupo da esquerda goiana   

Em busca de formatar um palanque para o pré-candidato e ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), bloco formado por partidos de esquerda acolheram o ex-governador e ex-presidente do PSDB de Goiás, José Eliton, recém-embarcado no PSB, do deputado federal Elias Vaz. Para a presidente do PCdoB, Isaura Lemos, no atual espectro político, o ex-tucano é de centro, o que viabiliza a aliança para enfrentar o bolsonarismo no estado.

Acompanhando a sinalização do movimento iniciado por Lula, ao formar chapa com o ex-tucano e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB), a comunista minimizou a aproximação do bloco progressista no estado com José Eliton. “A própria candidatura do PT nacional ao acolher o apoio do Alkimin, (possibilitou) aqui no estado, que nós da esquerda” formasse “uma candidatura de centro-esquerda, vamos dizer assim, porque uma pessoa de direita não iria vir nos procurar para apoiar, porque uma pessoa de direita não teria condições de conseguir apoio para as bandeiras adversas” de que defendem, segundo Lemos.

Para ela, ao ingressar no bloco da esquerda, o ex-governador, que foi vice na chapa tucana de Marconi Perillo, irá tornar possível diálogo com o setor industrial, produtivo e de parte da classe média da sociedade goiana, apontada pela ex-deputada, como aqueles “contra a ameaça à democracia, contra o conservadorismo do governo Bolsonaro e contra a retirada de direito”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.