Jornalista Goulart de Andrade morre aos 83 anos em São Paulo

Apresentador do “Vem Comigo “, da TV Gazeta, morre após 61 anos de carreira no jornalismo e deixa esposa e três filhos

O apresentador e jornalista Goulart de Andrade morreu aos 83 anos nesta terça-feira (23), no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo. Goulart estava internado havia cerca de duas semanas. Ele sofia de problemas cardiorrespiratórios e não resistiu.

Deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem esteve casado por 13 anos. Ele tinha três filhos, três netos e uma bisneta.O velório será na Assembleia Legislativa de São Paulo a partir de 16 horas. Ainda não há informações sobre o sepultamento ou cremação.

Natural do Rio de Janeiro, tinha 61 anos de carreira, foi jornalista, publicitário, radialista, ator, diretor, diretor de cinema e TV e empresário do setor de comunicação. Na TV Globo, estreou em março de 1978 o programa “Comando da Madrugada”.

A partir de 1983, o Comando da Madrugada deixou de fazer parte da programação da Rede Globo e passou a ser exibido – sempre com o mesmo formato e, às vezes, com nomes diferentes – em várias outras emissoras. Também atuou no “Fantástico”, de 1973 a 1976, e no “São Paulo Especial”.

No jornalismo, é conhecido pelo bordão “Vem comigo”. Sua marca registrada surgiu por acaso. Ele falou “vem comigo” para seu inseparável cinegrafista de alcunha “Capeta”, como forma de indicar um plano de sequência sem cortes por 20 minutos. “Depois na edição nós percebemos como o ‘vem comigo’ funcionava e mantivemos”, disse Goulart no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, em 2014.

Seu estilo de narração gerou o “plano sequência”, utilizado posteriormente pelo “Aqui Agora”, no SBT, e pelos telejornais de hard news. Ele passou pelas principais emissoras do país, como TV Tupi, TV Exelsior, TV Globo, TV Gazeta, TV Record, TV Bandeirantes e SBT.

Luiz Felipe Goulart de Andrade nasceu no Rio de Janeiro em 3 de abril de 1933. Em 61 anos de carreira, entrevistou personalidades como Jânio Quadros, Chico Buarque de Holanda, Washington Olivetto, César Camargo Mariano e Mário Covas.

Seu último trabalho foi na TV Gazeta como apresentador do programa “Vem Comigo”, onde atuava com alunos da Fundação Cásper Líbero.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.